h1

Relatórios da Violência. Falar do Congo e partilhar…

Maio 23, 2008

É a mínima manifestação de interesse.

O Emmanuel Kelekele enviou o Relatório da FIDH : République Démocratique du Congo: Briser l’Impunité.

No Festival Alkantara podemos acompanhar outra visão http://www.alkantarafestival.pt/esp06.html

the dialogue series: iii. dinozord

Centro cultural de Belém – palco do grande auditório
duração 1h50 min | bilhetes 10 € / 7,5 € 
segunda _ 26 maio 21h | terça _ 27 maio 21h

Faustin Linyekula vive e trabalha em Kisangani, terceira cidade da República Democrática do Congo, o antigo Zaire, o antigo Congo Belga, o antigo Estado Livre do Congo. Em Dinozord, visita a história recente da sua cidade, marcada pelo colonialismo, pela ditadura e dilacerada por uma sangrenta guerra civil. Que sonhos e aspirações restam para os habitantes de Kisangani? Como se pode devolver o nome e a dignidade às vítimas enterradas em valas comuns no cemitério da cidade?
Dinozord é um relato impressionante sobre opressão e resistência, um requiem que chora os mortos de guerras e conflitos incessantes. Mas é também uma afirmação resoluta e esperançosa do poder da arte e da beleza.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: